Já não basta ter que fazer uma grade difícil, pesada e cansativa. Ainda tem que ouvir uma dessas quando não estamos estudando/trabalhando, hehe.

Brincadeira à parte, são coisas comuns que todos nós estatísticos ouvimos talvez por desconhecimento da ciência que estuda os dados e a informação ou apenas pelo esporte da zoação.

Faz essa conta aí pra mim!

Uma frase ouvida por qualquer um que faz exatas. Todos acham que somos calculadoras humanas e que só fazemos conta o dia inteiro. De certo modo fazemos conta o dia inteiro, mas só com letras! Quando aparece um número dá até um branco…

Qual a probabilidade de cair um meteoro amanhã?

É esperado que estatísticos sejam capazes de calcular a probabilidade de todos os eventos do universo instantaneamente. Só o Spock é capaz de fazer isso e tenho dúvidas sobre seus métodos… E não! A gente não sabe a probabilidade de um meteoro atingir a Terra ou a probabilidade do Botafogo ganhar o próximo campeonato (mas sei é que é pequena).

Você vai trabalhar no IBGE?

Outra pergunta feita por quem não conhece a área. Pouca gente sabe que estatística é uma das profissões mais valorizadas e procuradas no mercado. E além disso é aplicável em quase todas as áreas do conhecimento, desde engenharia e saúde até esportes e computação.

Qual o n que preciso pro meu estudo?

Essa é comum quando encontramos com pesquisadores de outras áreas. Talvez uma das maiores preocupações de uma pesquisa é com quantas observações devo trabalhar porque determinada revista vai pedir! Para começar, a preocupação não deveria ser porque a revista vai pedir, mas sim porque queremos estudos relevantes tanto estatisticamente falando quanto para toda a comunidade. A minha resposta é sempre a mesma: depende! É possível trabalhar com pouquíssimas observações, mas isso irá prejudicar de certo modo a precisão do seu estudo. Em geral, estudos com n pequeno são estudos pilotos ou base para pesquisas futuras.

O que é essa tal de margem de erro?

Sempre que estou com minha família em época de eleições eu ouço essa pergunta. Já tentei explicar de diversas maneiras para diversas pessoas, mas a que tem tido um melhor retorno é na verdade uma metáfora. Eu pergunto:

Qual das duas afirmações possui maior credibilidade?

  1. Existem 34.872.983 peixes no oceano.
  2. Existem de 34 a 35 milhões de peixes no oceano.

A moral da história é que não é possível estimar a porcentagem exata dos votos, mas sim um intervalo e este intervalo tem tamanho relacionado com a margem de erro. (mas ainda assim é complicado para entender em um primeiro momento. Particularmente, só fui entender depois de desenvolver toda a fórmula na disciplina de amostragem).

Estatística é tipo matemática aplicada, né?

NÃO, não é! Temos sim parentesco com a matemática. Sim, aplicamos a matemática em nosso cotidiano, assim como engenheiros, físicos, químicos, biólogos, cientistas da computação, jornalistas, escritores, o mundo e etc, mas não somos um curso parecido com matemática aplicada. Não tenho tanto conhecimento para falar sobre matemática aplicada, mas é uma ciência que tem pouquíssimas características em comum com estatística.

Fiz seu curso em um semestre / matéria não é curso!

Nem dou risada. Ou dou risada quando é meu amigo(a). Depois de algum tempo esta mesma pessoa estará reclamando porque não prestou atenção naquela disciplina sobre estatística, começa a ver as notícias de que tudo que há de inovação na ciência passa por estatística e tem que recorrer a um estatístico para resolver seus problemas. O mundo continua dando voltas 🙂

Aff, seu nerd!

Não ligo de ser considerado nerd. Na verdade, fico até feliz quando acham que sou um, mas não gosto quando dizem de maneira pejorativa. É preciso ser um pouquinho nerd para entrar E SAIR do curso estatística, mas isso não te faz um antissocial.

8 frases que só quem faz estatística já ouviu
Classificado como:    

3 ideias sobre “8 frases que só quem faz estatística já ouviu

  • setembro 21, 2016 em 8:47 pm
    Permalink

    Realmente, mal entrei no curso de estatística este ano e já ouvi algumas dessas, kkk.

    Parabéns pelo site!

    Resposta
    • setembro 21, 2016 em 9:33 pm
      Permalink

      Festa de família então é uma pérola atrás da outra. Legal é ver todo mundo tentando entender o que você faz até você entregar e começar dizendo “é tipo matemática…”
      Hehehe.

      Resposta
  • maio 1, 2017 em 1:08 am
    Permalink

    Estou entrando no segundo semestre e até hoje não consegui fazer minha mãe entender o que é estatística kkkk

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *